Páginas

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Anúncio: Mudanças

Não é novidade pra ninguém que eu ando cansado do blogue como ele está e que isso afeta a frequência das minhas postagens e o prazer que eu devia ter preparando essas postagens. Ontem, do nada, recebi um dos comentários mais legais desse blogue. (Não desmerecendo os outros comentários que já recebi, pois esse blogue me fez rever meu conceito de "amizade" mais de uma vez e conheci pessoas que se tornaram muito especiais por causa dele e os comentários dessas pessoas têm muito valor etc. etc. e sentimentalismos, mas sequem logo vossas lágrimas). Esse comentário, do/a usuário/a (me recuso a adotar o "x" para neutralizar gêneros das palavras, talvez um dia discorra sobre isso, mas não será hoje) mayDoril (que não deixou contato para resposta ou blog para que eu conheça o seu trabalho - porra!), tecia elogios a este blogue fantástico, mas reclamava por ele não estar hospedado no Wordpress. T'aí uma coisa que eu já pensava há anos. Me mudar para o Wordpress. Mas não sabia como migrar o conteúdo e isso me deixava apreensivo. Vejam bem, são 4 anos de conteúdo. Por isso sempre deixava pra depois a pesquisa sobre a migração. 

Nem sei direito o que me atrai no Wordpress. Sinceramente, não sei a diferença (percebi a diferença nos mecanismos de postagem, mas, para o leitor, não sei o que muda), mas sempre estive de olho nessa outra vizinhança e, apesar de conhecer bons blogues no blogspot, o clima do Wordpress parece ser outro, mais parecido com o que me agrada nesse mundo dos blogues.

Usei o comentário como o empurrão a me atirar morro abaixo. Convenci a mim mesmo que era esse meu próximo passo para o blogue e assim foi. Criei o blogue novo, já, está pronto. Não tem nada lá, mas, se vocês digitarem deliriumscribens.wordpress.com, vão achar um blogue vazio com o mesmo slogan "um blogue entre o erudito e o pornográfico. Não é plágio, sou eu. Logo ele não estará mais vazio.

Mas, tio Rapha, e as postagens antigas? Estarão aqui e, aos poucos, serão revisadas e transferidas para lá. Não todas. Filtrarei o conteúdo. Só o que eu considerar bom irá pro blogue novo. Tudo que for inédito será postado lá e não aqui. Logo, sugiro que, se você for um leitor fiel, vá para lá também. Se você me segue por passaralho ou caralivro, as coisas continuarão iguais. Vou continuar compartilhando tudo na página e perfil existentes. O que isso vai trazer de mudança pra mim? A tensão de um blogue vazio. Sim, vou me forçar a enchê-lo de coisas, como eu fazia aqui. Mudanças de conteúdo? Nada que seja fora do comum. Tenho uns planos, mas não pense que será diferente.

Uma coisa que pesou na minha decisão foi o podcast e os colunistas (Ernane, que está em hiato por motivos pessoais, e a Maria, que posta mensalmente). Isso não vai parar. Só vou precisar de um tempo de adaptação, até eu aprender como liberar a edição do blogue para os colunistas no wordpress e como tornar o podcast audível por lá também. Uma hora tudo volta ao que era antes. Tudo me leva a crer que a insatisfação também, mas isso é inevitável.

É isso que eu tinha pra dizer. Espero que não seja grande inconveniente pra vocês, mas está feita a decisão. Até lá.

Link novo: Delirium Scribens

sábado, 16 de janeiro de 2016

Poema 85

tédio?

nuvens passam pela minha janela
na velocidade de um navio que atraca no porto.
contínua embarcação dos céus, levada pelo vento,
e o vento balança minha cortina
como uma mão embala seu recém-nascido
num baile
pra lá e pra cá
tão leve e gentil,

e a fumaça de tabaco
que eu sopro da minha boca
se expande e domina com seu perfume de
grama cortada e terra e lenha em brasa,
névoa bailarina-guerreira.

é incrível,
desde que me pus a inventar versos
nunca mais fiquei entediado.


***

Sim, primeira postagem de 2016. Não falei de natal, não falei de ano novo. Tenho meus motivos. Queria prestar homenagem ao David Bowie, mas não há nada que eu possa fazer que o faça justiça.