Páginas

segunda-feira, 4 de maio de 2015

Poema 79

estou bem assim, muito grato,
solitário e sem esperança.
parece errado, mas é como um trato,
felicidade deixa a mente mansa.

fico assim pra fazer algo de sério,
sou melhor triste que um feliz estéril.


Obs.: surpreendentemente certinho pros meus padrões.

4 comentários:

caixa do afeto e da hostilidade