Páginas

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Tentativa de Haikai - 3 e 4

Eu sei que o haikai tem como objetivo passar uma imagem transcedental, relaxante, para meditação. Acontece que eu escrevo sobre o que eu conheço. Eu nasci na cidade, eu cresci na cidade, eu sou urbano paranoico pessimista indiferente e nem um pouco zen. Então o que eu faço é pegar a métrica do haikai e tento transferir nele o meu ambiente ou o que quer que se passe em minha mente. Acho que antes de qualquer coisa esse era o objetivo do haikai, posso estar errado, mas vou me imaginar como certo, pois essa gente vegetariana, cheia de pensamentos positivos naturais bonitos zen puros e corretos têm a mania de roubar tudo para eles. Se eu estiver errado, então invento o haikai negativo, para nós bêbados niilistas urbanos carnívoros que também existimos, pensamos e temos um ambiente para descrever.
Hoje é dia de promoção, dois haikais pelo preço de um. Aproveita, dona de casa, que é só por hoje (depois fico sem material e não sei o motivo...).
_______________
Nuvens
Seu nome nas nuvens
pode ser real, ou uísque
dançando na mente
_______________
Quadro de vidro
Minha janela
quadro de inspiração
maior e único

Um comentário:

  1. Vim agradecer pelo comentario,só acho que perdeu um precioso tempo comentando naquela pedrada,fiquei curioso com fadas e vampiros fazendo uma surruba,esperamos um segundo Woodstock até lá só no imaginario.

    Valeu e Boa sorte na sua luta.

    ResponderExcluir

caixa do afeto e da hostilidade